quarta-feira, dezembro 29, 2004

Coisas da Vida - as Horas



"As horas silenciosas passam, furtivas..."

W. Shakespeare

2 Comentários:

Às 30 dezembro, 2004 13:44, Anonymous Anónimo disse...

nao estou muito certo disso.
neste momento, é precisamente quando o silencio cai que as horas se tornam mais descaradas, presentes, pesadas, escuras, tristes...

talvez falemos de coisas diferentes. provavelmente nós, eu e o william, sentimos e vemos as coisas de forma diferente.

Ernesto

ps. bonita fotografia

 
Às 30 dezembro, 2004 13:56, Blogger Arroz de Estragão disse...

As tuas silenciosas horas passam descaradamente para ti, mas só pelo facto de que os outros não as veêm passar...para os outros, as tuas silenciosas horas são furtivas; especialmente se envelheceres sozinho...

É esta a poesia de Shakespeare, para mim.

 

Enviar um comentário

<< Home