sexta-feira, junho 23, 2006

Coisas da Literatura - Ensaio sobre a Cegueira

"Diz-se a um cego, Estás livre, abre-se-lhe a porta que o separava do mundo, Vai, estás livre, tornamos a dizer-lhe, e ele não vai, ficou ali parado no meio de rua, ele e os outros, estão assustados, não sabem para onde ir, é que não há comparação entre viver num labirinto racional, como é, por definição, um manicómio, e aventurar-se, sem mão de guia nem trela de cão, no labirinto dementado da cidade, onde a memória para nada servirá, pois apenas será capaz de mostrar a imagem dos lugares e não os caminhos para lá chegar."

Ensaio sobre a Cegueira, José Saramago.


Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

A Parábola dos Cegos, Pieter Bruegel, 1568.

5 Comentários:

Às 25 junho, 2006 20:04, Anonymous marianita disse...

o ensaio sobre a cegueira é monumental como livro. e a cegueira real (fisica) ou emocional, cerebral ou intelectual, é uma das piores coisas que existe. vamos abrir bem os olhos, e o coração e o cérebro, uns para os outros, sim?
espero que esteja a correr tudo ok em london e em lisboa para os blogers respectivos.


estive a checar o "muitas coisas", com a atenção de quem não navega muito frequentemente em blogs, e adorei...


beijinhos e continuação de bons blogs!

 
Às 26 junho, 2006 16:45, Blogger musalia disse...

o livro...não li. o quadro é espantoso. não sei porquê...lembra-me certos políticos ;)

nada pior que o cego que não quer ver ...
e se quem nos conduz é cego...para onde iremos nós?

beijos.

 
Às 27 junho, 2006 21:28, Blogger Arroz de Estragão disse...

Marianita: Coração aberto, vida feliz ;)

Por aqui, já sabes das novidades.

Ainda bem que cá te temos; eu, pessoalmente, fico lisongeado com o elogio!

Bisous para ti também e aparece!

 
Às 27 junho, 2006 21:30, Blogger Arroz de Estragão disse...

Musaliazinha: ainda bem que nem todos os que conduzem são cegos!

E um dia, hei-de cá por um poste precisamente sobre os políticos: todos nós somos políticos, ou não será?

Bisous

 
Às 27 junho, 2006 23:32, Blogger musalia disse...

eu sei, nem todos (agora resta saber a quem te referes...aos conutores, pois claro!)

todos, o que fazemos no quotidiano...é política.

ora bem, acredita que estou ansiosa para ler esse post! bora lá!

beijos :)

 

Enviar um comentário

<< Home