segunda-feira, julho 03, 2006

Coisas Terapêuticas - um sítio de qualidade

Minhas senhoras, meus senhores, o sítio para experimentar é o Alternativa Mente.

Ponham-se em boas mãos!

11 Comentários:

Às 04 julho, 2006 01:56, Anonymous Anónimo disse...

Não posso deixar de recomendar a Associação Sorrir: http://www.sorrir.com/ ; que relativamente a outras associações e centros do género, ganha por promover o bem geral, mesmo para aqueles que não têm poder económico. Localizado em frente aos Jardins de Belém, beneficia valoriza-se pelo contacto com a comunidade e com a natureza. Fiquei especialmente rendida às aulas de Biodanza, onde se trabalha a ligação e o respeito pelo outro, desenvolve a consciência e a comunicação corporal, se quebram barreiras sociais e se liberta a mente.

Ps: Não ganho nada pela promoção, espero que é ganhem vocês. Afinal, ser feliz é uma opção. ;P

Di.

 
Às 04 julho, 2006 21:42, Blogger musalia disse...

acredita que se não fosse tão longe me inscreveria nessas masagens. fiz tai chi chuan durante uns tempos e confio inteiramente nessas terapêuticas. pelo menos dão-nos uma enorme tranquilidade.

beijos aqui do sul :)

Di.,
obrigada por essa informação, irei averiguar.

 
Às 05 julho, 2006 14:35, Anonymous Anónimo disse...

Parabéns á Alternativa Mente e aqueles que lutaram tanto por este projecto! Está aí pra durar e lutar por um lugar no mercado...

Obrigado por este espaço dedicado a eles, bem o merecem....é serviço público!

Cumprimentos,

Tripas

 
Às 05 julho, 2006 19:23, Blogger Arroz de Estragão disse...

Di: também lá estive este ano e até comprei aquela t-shirt fabulástica do "Oral-Me"! Aquilo não é só dança e massagens, mete palestras, artesanatos, espetáculos e por aí em diante.

 
Às 05 julho, 2006 19:25, Blogger Arroz de Estragão disse...

musalia: Tai Chi também já fiz, mas agora, pelos vistos, só me falta fazer o Chuan! Que variável é essa?

Beijos aqui do monte da Lua ;)

 
Às 05 julho, 2006 19:26, Blogger Arroz de Estragão disse...

Tripas: o esforço vale a pena; sempre!

Um abraço

 
Às 05 julho, 2006 22:33, Blogger musalia disse...

Arroz, o tai chi chuan engloba uma parte terapêutica e uma parte marcial, aliás o tai chi chuan deriva das artes marciais. é uma espécie de dança, belissima, em que as espadas ou sabres são substituídas por enormes leques, por exemplo.
mas se procurares na net encontras uma explicação mais aturada. também existem livros sobre esta modalidade.

'monte da lua', como antigamente se chamava a Sintra :)

beijinhos com sal :)

 
Às 06 julho, 2006 02:55, Anonymous Anónimo disse...

Musalia, curiosamente o professor de Biodanza é do Algarve, sei que ele também dá aulas por aí. Posso averiguar em que zona, se estiveres interessada. ;)

O Tai Chi Chuan, é uma arte marcial muito harmoniosa, e é normalmente praticada duma forma muito serena, mas dá uma agilidade e flexibilidade espantosas. Não é para todos. Grande mulher.

Um abraço.
Di.

 
Às 06 julho, 2006 21:36, Blogger musalia disse...

Di,

Obrigada, mas estou no Algarve de férias, apenas. Não dá para iniciar nenhuma actividade, no entanto, se não for transtorno, gostava de saber onde dá aulas. Eu estou no aldeamento da Prainha, entre Alvor e a praia do Vau.

Sim, dá uma enorme serenidade e grande agilidade, também. Eu não me assusto facilmente ;)

beijinhos e obrigada :)

p.s. Arroz, desculpa lá esta usurpação do teu espaço :)

 
Às 07 julho, 2006 00:10, Blogger Arroz de Estragão disse...

Este espaço é democrático e de todos. Pode-se dizer tudo e falar-se com quem se quiser, desde que não digam mal de mim ;)

 
Às 31 julho, 2006 21:52, Anonymous Anónimo disse...

“Um dia vai existir uma escola na qual os seres humanos irão aprender através do movimento e da música como se transformar e renascer fisicamente e mentalmente”
Omram Mikhael Aivanhov

Cumprimos as nossas tarefas quotidianas de forma mais ou menos eficiente. Mas as nossas relações pessoais tornaram-se um trabalho árduo e por vezes desagradável. Há medida que o hábito de evitar as relações pessoais se vai enraizando, criamos indiferença. A indiferença é uma forma de preguiça e por sua vez, um dos sintomas de falta de Amor.
Ninguém é mandrião relativamente ao que ama, o problema é: De que maneira Amar?

A visão do coração é demasiado intensa, demasiada difícil, demasiada tudo!
É uma sede que nunca se extingue, é víscera, é espaço secreto, é mistério por vezes arriscado e correndo o risco de ser solidão.

Dançar para mim é mergulhar nesta solidão!

Dizer com o corpo o que não se consegue dizer com a voz pode ser demasiado honesto, demasiado íntimo formando-se um espelho fiel da nossa pessoa. Trabalhar a linguagem do corpo é usufruir aquilo que o Aqui e Agora nos oferecem: a partilha profunda e terna com o outro, a escolha do caminho da ternura, da coragem e da harmonia.
Por vezes basta um simples contacto de mãos para captar tudo: o nervosismo, a calma, a incerteza, a segurança, a ternura. Através deste toque sabemos se esta mão nos acompanha ou nos deseja.
Toque leve que nada pede, simplesmente plena de ternura e de silencio!
Silencio, espaço onde tudo pode acontecer, momento que faz falar o mais profundo de nós.

"A nossa pele é o limiar de um mistério maravilhoso. No contacto afectivo, na busca da intimidade esta contido o circuito da energia vital! " Rolando Torro.

Este texto foi criado por Gloria Lopes.

Musalia, o grupo reune-se 1 vez por mês, no 3º fim-de-semana de cada mês no restaurante vegetariano "Nosso Espaço" na Rua dos Correiros nº 205, na Baixa. No Algarve porque o Gaspar está a dedicar-se há paternidade deixou temporariamente de haver aulas. És muito bem vinda aos workshop's, bem como todos.

Xavier passo a publicidade.
Di

 

Enviar um comentário

<< Home