quarta-feira, fevereiro 01, 2006

Coisas das Cartas



Querida M.

Cheguei há uma semana a esta terra desconhecida. Tive uns dias para perguntar a mim mesmo se era mesmo isto que queria e ainda não obtive resposta.
É no meio de uma chuva imensa que te escrevo a primeira carta. Tenho saudades, tantas! Parece que estou aqui há uma eternidade.

Só hoje consegui comprar esta caneta e este caderno para te poder escrever esta carta, meu Amor.
Por aqui está um frio horrível. A casa onde estou é confortável, não tenho frio, pelo menos.
Hoje acabei a caixa dos biscoitos que me fizeste, chorei quando comi o último bocado, de saudades!!!
Oh minha querida, quando te poderei ver de novo?
Se ao menos a viagem fosse mais curta e menos dolorosa. Aquele barco maldito! Ainda me sinto um pouco enjoado, sabias?
Começo a trabalhar amanhã. Estou ansioso.
Assim que tiver dinheiro suficiente quero-te comigo. A propósito, casas comigo?

Beijo com Amor
do sempre teu C.

ps: Junto envio esta folha de hera que apanhei a pensar em ti, como sempre fizemos.

2 Comentários:

Às 01 fevereiro, 2006 15:49, Anonymous pints disse...

Quando acabei de ler este post só tive um pensamento.. que feliz deve ser a mulher que recebeu esta carta! :)

 
Às 02 fevereiro, 2006 19:14, Blogger m'Andre disse...

huummm...
coisas boas.
coraçao cheio e vazio. o meu.
confio no bouquet. no teu.
beijo

 

Enviar um comentário

<< Home