terça-feira, maio 09, 2006

Coisas da Impotência VII

Image Hosted by ImageShack.us

...foram poucas as vezes em que pedi um espelho e, por isso, pouco a pouco, fui perdendo a noção da minha cara. Um dia esqueci-me mesmo; esqueci-me se era feio, se era bonito; se era gordo, se era magro; se tinha pêlos no nariz... Resolvi que nunca mais queria voltar a saber como era a minha cara, e assim foi. Todos os espelhos daquela casa foram mandados quebrar.

2 Comentários:

Às 10 maio, 2006 14:58, Blogger musalia disse...

durante muito tempo não conseguia olhar-me ao espelho, de forma a 'olhar-me'. com o tempo fui-me habituando...embora o gesto seja rápido :)
beijo.

 
Às 10 maio, 2006 17:47, Blogger Arroz de Estragão disse...

Se o gesto for rápido então, creio que é sinal que está tudo bem:)

Beijos.

 

Enviar um comentário

<< Home