segunda-feira, fevereiro 06, 2006

Coisas da Identidade

Desde sempre recusei as línguas que não fossem a minha. Nunca gostei muito, nem demonstrei grande curiosidade em falar outras línguas. Na altura em que as estudava (e nunca estudei muito, verdade seja dita) não compreendia bem o meu desconforto, hoje distante desse tempo de estudo e perto duma vida que me obriga a falar outra língua percebo tudo com mais clareza.

As outras línguas roubam-me a identidade!

Falo menos, ouço mais e quando falo o tom da voz sai diferente. Não me reconheço! Irrita-me sentir que deixo de ser eu, ou pelo menos fico mais longe da imagem que tenho de mim.
Não gosto de falar assim...

Quero falar português, pois só assim me reconheço

1 Comentários:

Às 11 fevereiro, 2006 22:32, Blogger Arroz de Estragão disse...

À minha maneira de ver, uma língua diferente não me rouba a identidade, dá-me sim novos "tools" para me re-descobrir. E olha que fiquei surpreendido...comigo mesmo! Amar noutra língua é uma preciosa experiência, por exemplo. Mas sim, tem tudo a ver com a identidade.

Saudades tuas.
Kisses!

 

Enviar um comentário

<< Home