quarta-feira, junho 22, 2005

Coisas da Arquitectura - Bananas

Porque é que quando um tipo é "diferente" existe a tendência de pensar que esse tipo faz por ser "diferente"?

Porque é que, de cada vez que um projecto de arquitectura é feito com bicos e curvas, o rotulam de "sórdido"?

Porque é que o Siza tem obrigatoriamente de ser melhor idiota do que eu?

Porque é que a "forma" tem que vir depois do "conceito"? Porque é que o conceito não pode ser a forma?

Porque é que quando um tipo não tem mau aspecto e apresenta apenas um grande contentamento com o seu projecto, lhe chamam de "artista"?

Cambada de preconceituosos.

Digo-vos mais, irmãos: essa cena de dizerem mal dos nossos projectos utilizando as frases-chavão dos livros é tudo um truque para disfarçar uma aguda dor de cotovelo. E acreditem em mim, porque apesar de não estar publicado - e ainda que jovem - sou o melhor arquitecto que conheço.

Haja coragem e que não nos falhe a convicção por causa de bananas demasiado maduras.

3 Comentários:

Às 22 junho, 2005 20:29, Blogger maria borboleta disse...

queria imenso dizer imensas coisas, e não sou capaz! entendo perfeitamente esse teu descontentamento...que também é meu! Odeio bananas!

 
Às 22 junho, 2005 21:18, Anonymous Anónimo disse...

Well , i'd said fuck then! Há sempre quem não saiba lidar com a concorrência, e é isso que tu representas. Eles sabem tão bem quanto tu o teu potencial.

Podes sempre tentar amenizar a situação, uma vez que te convém, mas isso significa limitares-te em termos criativos.
É complicado! ...porque eles têm a faca e o queijo na mão.
É necessário ser-se verdadeiramente seguro, altruísta e "Open mind" para reconhecer verdadeiramente a capacidade dos outros.

Pode ser um defeito meu, não sei, mas quando eu vou a um restaurante e a comida é boa e sou bem atendida gosto de chamar o chefe e lhe dar os meus parabéns. Não sou nada de acordo coma velha história que a critica constrói, e o elogio destrói.

 
Às 22 junho, 2005 21:54, Blogger Arroz de Estragão disse...

maria: vaomos ensinar-lhes como é que é! Tu primeiro, eu depois ;-)

anónimo: o que vale é que o pessoal é jovem e tem energia positiva! Senão, olha, ia tudo a eito que era uma maravilha.

Quando, um dia, escrever para o jornal ou para a TV guia, não me esqueço de dizer mal de quem o merece; e o argumento é sempre o mesmo: "ninguém nos tira o direito a ter uma opinião".

 

Enviar um comentário

<< Home