terça-feira, agosto 23, 2005

Coisas da Poesia, das Palavras e dos Beijos


Fotog Tim Flach Fonte Xupacabras

«Há palavras que nos beijam
como se tivessem boca
palavras de Amor, de Esperança
de imenso Amor de Esperança louca.

Palavras nuas que beijas
quando a noite perde o rosto!
Palavras que se recusam
aos muros do teu desgosto!

De repente coloridas
entre palavras sem cor.
Esperadas e inesperadas
como a Poesia ou o Amor !(...)»

Alexandre O'Neil

2 Comentários:

Às 25 agosto, 2005 13:57, Blogger Arroz de Estragão disse...

Suculento, este poste!

 
Às 25 agosto, 2005 17:58, Anonymous Forty Seven disse...

aproveitando o que o arroz disse...
sim realmente esta muito suculento este poste
jinhus

 

Enviar um comentário

<< Home