quinta-feira, fevereiro 10, 2005

Coisas da Perfeição - David

David (pormenor) de Michelangelo Buonarroti


Era Agosto, nao sei precisar o dia, estava muito calor...estava em Florença há dois dias e partía para Roma nesse dia.
Acordei muito cedo para ir à Galleria dell'Academia, tinha de ser aquelas horas impróprias para escapar à multidão turista.

Após ter esperado uma ou duas horas entrei, comprei bilhete com o coração palpitante, ansiosa esperava o momento... deambulei por entre quadros que naquele momento nada me interessavam.

Entrei para uma sala corredor e parei petrificada pela magnitude! Ao fundo por baixo de uma clarabóia estava ele, gigante.

Fiquei ali dentro 3/4 de hora sentada nas várias cadeiras que ali havia, praticamente sem respirar, sem pensar.

Sussurrava para mim: "Que coisa brutal!!!" e era exactamente isso que sentia.
Ele é um gigante com cinco metros de altura com cinco toneladas mas que parece levitar sobre nós, é incrível.

Impressionou-me imenso a mão, as veias da mão! viva mas de pedra!

Tinha de me ir embora. Dava dois passos e olhava para tráz como que para me despedir... até chegar à porta e perceber que se olhasse pela fresta ainda o conseguia ver mais uma vez. E vi. Guardei essa imagem dentro de mim. Fiquei com saudades daquela perfeição avassaladora. Tenho de lá voltar.

4 Comentários:

Às 10 fevereiro, 2005 23:54, Blogger Arroz de Estragão disse...

"God it's on the details."

 
Às 11 fevereiro, 2005 10:08, Blogger maria borboleta disse...

Podes crer que está mesmo!

 
Às 22 dezembro, 2010 00:04, Blogger kiha disse...

Me apaixonei por David por meio dos seus olhos!

 
Às 15 junho, 2012 14:28, Blogger A.N. disse...

Adorei o sue relato! Fantástico o David! Também fiquei estupefato quando o vi!

 

Enviar um comentário

<< Home